Gravidade da deficiência de alfa-1 antitripsina e o risco de COVID-19

Dr. Nuno Faria

Pneumologista no Centro Hospitalar e Universitário do Porto

Póster

Alpha-1 Antitrypsin Deficiency severity and the risk of COVID-19

Portugal tem uma elevada prevalência de défice de alfa-1 antitripsina (AATD), estimando-se que o genótipo ZZ ocorra em 1:5249 portugueses e o genótipo SZ em 1:281.1 Dados de um registo italiano revelaram uma distribuição geográfica da AATD semelhante à da COVID-19.2 Neste contexto realizou-se uma análise de todos os AATD seguidos na consulta de Pneumologia de um hospital terciário, com vista a avaliação de incidência e fatores de risco para COVID-19.  Foram analisados 77 doentes AATD, dos quais 9 (12%) foram diagnosticados com COVID-19 até janeiro/2021. Pi*ZZ foi associado de forma significativa a uma maior incidência de COVID-19 (33,3%, p=0,012), seguido dos Pi*MS (14,3%) e Pi*SZ (10,0%). Os níveis de alfa-1 antitripsina foram significativamente inferiores nos infetados com SARS-CoV-2 (42,9±12,1 vs. 65,5±2,8mg/dL, p=0,012).

Constatou-se IMC≥25 (excesso de peso e obesidade) em 77,8% dos infetados, constituindo a única comorbilidade significativamente associada a risco de infeção sintomática (p=0,047; OR 4,7).Três doentes foram hospitalizados devido a insuficiência respiratória aguda (IRA), nenhum exigindo NIV ou HFNC. Os doentes com IRA tinham maior carga tabágica (30,0±25,2 UMA vs. 5,2±2,9, p=0,09) e uma menor DLCO basal (53,0±18,8% vs. 87,8±4,6%, p=0,042).

Os nossos dados apoiam a hipótese de que os doentes com AATD grave (Pi*ZZ e/ou níveis séricos de AAT reduzidos) podem ser uma população particularmente suscetível à COVID-19. São necessárias análises multicêntricas com coortes de maior dimensão para determinar o real risco de COVID-19 em doentes com AATD e para desenvolver ações com vista a prevenir doença grave e mortalidade.

Referências: 1. Blanco I, de Serres FJ, Fernandez-Bustillo E, Lara B, Miravitlles M. Estimated numbers and prevalence of PI*S and PI*Z alleles of alpha1-antitrypsin deficiency in European countries. Eur Respir J 2006; 27(1): 77-84; 2. Vianello A, Braccioni F. Geographical Overlap Between Alpha-1 Antitrypsin Deficiency and COVID-19 Infection in Italy: Casual or Causal? Arch Bronconeumol 2020; 56(9): 609-10.

Próxima notícia